Imaturidade Espiritual


Os leitores assíduos de meus artigos, devem ter se acostumado com os casos clínicos - relatos de meus pacientes - cuja causa dos problemas é de origem espiritual, ou seja, sofrem interferência de seres espirituais obsessores - seres das trevas, desafetos dos pacientes, que, por terem sido prejudicados em vidas passadas, movidos à ódio e desejo de vingança, prejudicam-lhes também, gerando-lhes inúmeros problemas de saúde, afetivo, financeiro-profissional, familiar, etc.


Mas é importante deixar bem claro, que nem sempre seus problemas são de origem espiritual, provocados por seres espirituais obsessores, habitantes das trevas, e, sim, por eles mesmos, uma auto-obsessão.


São, portanto, doentes da alma, obsessores de si mesmo, atormentados pelos seus próprios pensamentos negativos, doentios. Muitos são egocêntricos, voltados para si mesmos, vivem olhando para seu próprio umbigo, preocupados em excesso com seus problemas.


Entram no vitimismo, coitadismo, sentem-se injustiçados, cultivam a revolta, o ódio, idéias negativas, destrutivas de si e dos outros, depressão, tristeza, desânimo, pessimismo, medos, ciúmes, avareza, ociosidade, irritação, autoritarismo, arrogância, impaciência, maledicência, calúnia, vícios sexuais, fumo, álcool, tóxicos, etc.


Em verdade, tais sentimentos e comportamentos negativos e destrutivos são reflexos, oriundos de maus hábitos e imperfeições, que trazem de caminhos erráticos trilhados em encarnações passadas. O sofrimento que sentem, são frutos de sua imaturidade espiritual e falta de humildade em se modificar internamente.


Na qualidade de enfermos da alma são tomados por explosões de ira, de cólera, facilmente se descontrolam e cometem atos de violência no trabalho, no lar e no trânsito, ofendem seus entes queridos e criam situações de constrangimento e tristeza.


O ciumento, devido a estreiteza de visão, imagina insistentemente a possibilidade de estar sento traído pelo cônjuge, que o ama. A depressão, pode ser considerada uma enfermidade de natureza auto-obsessiva, principalmente quando o enfermo da alma não se conforma com sua vida, fica irritado porque a vida lhe deve, não é como ele quer.


Neste aspecto, não deixa de ser um prepotente. Assim, o depressivo almeja curar-se, acabar com a dor de não estar vivendo, mas não quer mudar suas atitudes, compreender a si, os outros e a vida.


Ao invés disso, entra no vitimismo, na revolta, e, com isso, sofre muito. Nunca é demais dizer, que para se evoluir, só existem dois caminhos: o amor e a dor. Mas, por conta dos maus hábitos e imperfeições, é difícil escolher o caminho do amor; daí a dor, o sofrimento para se tornar um ser humano melhor. Nesses casos, não há ganho sem dor.

Caso Clínico:

Tudo que inicio, não concluo

Mulher de 32 anos, solteira.


A paciente veio ao meu consultório, sentindo-se perdida, pois tudo o que fazia, não concluía. Abandonava os empregos, pois se cansava fácil do que fazia, o mesmo ocorrendo com cursos e projetos iniciados. Não prosperava financeiramente, apesar de sempre ter sido uma batalhadora, e, mesmo ganhando bem, o dinheiro lhe era insuficiente.


Também não se encontrava profissionalmente, pois não havia exercido algo que gostasse realmente. Sempre fora irritadiça, explosiva, não aceitava ser contrariada, pois era muito autoritária. Assim, sentia um grande vazio, tristeza, era atormentada por pensamentos negativos e falta de entusiasmo pela vida.


Não tinha vontade de estar com as pessoas, era de poucos amigos e muita intolerância com o próximo. Sofria também de bulimia (vomitava o que comia), pois tinha uma preocupação excessiva em engordar.


Após passar por cinco sessões de regressão, na 6ª e última sessão, ela me relatou: "Vejo uma luz amarela, vindo em minha direção". (pausa).


Na verdade, essa luz é um ser espiritual. Diz que é a minha mentora espiritual (ser desencarnado de elevada evolução, responsável diretamente pelo nosso crescimento espiritual).


Ela diz ainda: - Estou aqui para te ajudar, fique calma que tudo vai dar certo. Sei que está passando por alguns problemas, mas você precisa ser forte, ter muita fé, estou sempre do seu lado. Não passe o tempo triste, precisa ser forte, você vai conseguir! (pausa).


Sinto uma luz no meu peito (sua mentora espiritual estava emanando luz em seu chacra cardíaco).


- Pergunte à sua mentora espiritual de onde vem seus pensamentos negativos?


"Diz que vêm de uma vida passada, onde não fui uma boa pessoa, pois destratava as pessoas, eu as considerava inferior. Diz ainda, que nessa vida passada tinha tudo que queria, mas não compartilhava com ninguém, pois não gostava de dividir o que tinha e, com isso, acabei morrendo sozinha.


Era muito arrogante, ninguém agüentava ficar perto de mim, e a minha mentora espiritual afirma, que ainda trago na vida atual traços de autoritarismo dessa existência passada.


Ela fala: - Você precisa aprender a ser mais humilde porque quer que as coisas sejam do seu jeito, mas já deu grandes passos, está se transformando em uma pessoa melhor.


A mudança interna só depende de você, está em suas mãos. Você tem um grande talento, só precisa ser mais otimista, acreditar mais em si.Deixe de lado a negatividade e se concentre em coisas positivas. Você tem um futuro brilhante, só precisa acreditar.


Você perdeu a fé porque se preocupa demais com que as pessoas falam a seu respeito. Mas agora está estudando assuntos ligados à espiritualidade e aprendendo o caminho da humildade e trabalhando seus preconceitos, principalmente, sobre a reencarnação, vida após a morte, mediunidade e incorporação.


É esse caminho que irá te levar a ser uma pessoa mais tranquila. Não é de hoje que repete os mesmos erros e perde a fé em si e se desanima. Com isso, perde também grandes oportunidades.


Precisa aprender a ser mais paciente.


A sua grande missão, na vida atual, é ser mais paciente com você, com as pessoas, coisas e com o tempo. Lembre-se que o tempo resolve tudo, pois, na vida, tudo acontece ao seu tempo. Você é tão ansiosa que quer que tudo aconteça como você quer e não como ela tem que acontecer.


Trabalhe a sua fé, paciência, assim conseguirá o que deseja e irá evoluir ao seu tempo também.


Não se cobre tanto, pois se cobra demais e fica depressiva porque não consegue atender suas expectativas e se sente derrotada, injustiçada. Minha querida, seja paciente!


Seja mais otimista, sorria mais para a Vida, que ela também sorrirá para você. Reitero para deixar a negatividade de lado, pois está permitindo que os pensamentos ruins tomem conta de você". (pausa).


- Pergunte-lhe qual a avaliação que ela faz desse tratamento?


"Diz que dei um grande passo, vindo a essa terapia, mas tenho que refletir em tudo o que ela me disse, e que dependendo de como vou lidar com essas informações , se eu as ignorar, vou ter que voltar novamente a essa terapia. Deixa claro que só depende de mim".






338 visualizações

T.R.E - Terapia Regressiva Evolutiva - A Terapia do Mentor Espiritual

 

 

 

Rua Luís Góis, 2068 - Saúde - São Paulo/SP - 04043-200      

 Contato:  (11) 2369-9831  (11) 94107-7222       

 e-mail : osvaldo.shimoda@uol.com.br