Conhecereis a Verdade e a Verdade Vos Libertará

Conhecereis a Verdade e a Verdade Vos Libertará

É a máxima secular pregada por Cristo há 2000 anos, válida ainda nos tempos atuais. A TRE (Terapia regressiva evolutiva) – A Terapia do mentor espiritual - vai de encontro com essa máxima do mestre de Galiléia. Muitos pacientes que passaram por essa terapia se transformaram e/ou se curaram de seus males.

Realmente, ao entrarem em contato com a verdade a seu respeito, através da regressão de memória, tomando consciência da causa de seu(s) problema(s), eles se transformaram e/ou se curaram.

Certamente, observado sob um novo ângulo e mais bem compreendido os seus problemas, por si só ocorre a cura, a libertação dos bloqueios de seu passado.

Neste aspecto, há três grupos de resultados na TRE: 1) Resultado imediato durante o processo terapêutico;

2) Resultado ocorre gradativamente, após a terapia;

3) Não há resultado (2% de meus pacientes) – isso ocorre porque esses pacientes ainda não estavam prontos, maduros para se libertarem de seus bloqueios.

É importante esclarecer, que a verdade só liberta àqueles que estão prontos, maduros psicológica e espiritualmente.

O que é estar pronto, maduro para se curar/transformar nessa terapia?

São os pacientes que preenchem 3 requisitos:

1) Fé em si, isto é, naquilo que vão trazer nas sessões de regressão de memória e nas orientações sábias dos seres espirituais de luz (mentores espirituais);

2) Humildade: a verdade só liberta àqueles que têm humildade em processar o que seus mentores vão lhe revelar acerca da causa e resolução de seus problemas.

Eu me recordo de um paciente de 25 anos, numa das sessões de regressão, seu mentor espiritual lhe disse: “Enquanto você não perdoar o seu inimigo (ele estava se referindo ao seu tio que o prejudicou) sua dor irá dobrar”.

Ato contínuo, o paciente lhe respondeu: “Quanta asneira que o senhor está falando!”.

Certamente, ele não teve humildade em processar a orientação de seu mentor espiritual. Ou seja, não estava ainda pronto para se transformar e/ ou curar.

3) Esclarecimento: leitura prévia, conhecimento básico sobre os fundamentos da espiritualidade, tais como: reencarnação, plano espiritual, vida após a morte, carma, obsessão espiritual, etc.

Certa ocasião, a mentora espiritual de uma paciente me mandou um recado: - Irmão, a vossa terapia, a TRE, não é para os iniciantes no campo da espiritualidade e, sim, para os aprimorandos. Ou seja, para uma pessoa se entregar nessa terapia, ela precisa ter um mínimo de entendimento sobre a espiritualidade. Caso contrário, vai questionar, duvidar muito, pois não tem o entendimento e nem a fé necessária.

Por outro lado, há aqueles pacientes, cujo resultado ocorre gradativamente após a terapia.

É o caso de um paciente de 42 anos, casado, que sofria de enxaqueca crônica. Quando entrava numa crise, isso o impossibilitava de trabalhar, a ponto de ter que ficar quieto no quarto escuro, pois a claridade o incomodava muito.

Ele me relatou que numa dessas crises, a dor de cabeça que sentia era tão insuportável, que chegou a tomar vários comprimidos anti-inflamatórios, mas, mesmo assim, a dor não passava. Então, no desespero, bateu a cabeça na parede e foi levado no pronto-socorro.

Após passar por essa terapia, ele me enviou um e-mail relatando o resultado do tratamento. Vou transcrevê-lo na íntegra:

“Prezado Dr. Shimoda:

Demorei mais que as 3(três) semanas prometidas para informações sobre o resultado do tratamento porque na ocasião fiquei em dúvida, parecia que a melhora era somente de uns 10% e estava conformado com esse resultado.

Hoje, porém, estou certo de que a melhora da dor de cabeça vem ocorrendo gradativa e lentamente.

Posso afirmar, que agora as dores baixaram pelo menos 50%, de insuportáveis passaram a ser suportáveis, e com fé de que vai melhorar ainda mais.

Muitíssimo obrigado!”.

Há ainda os que - mesmo não passando por essa terapia -conseguem obter os benefícios, lendo os casos clínicos de meus pacientes que se submeteram à TRE, onde eu posto em meu site: www.osvaldoshimoda.com

É o caso de uma leitora assídua de meus artigos, de 19 anos, que me encaminhou um e-mail: “Dr. Osvaldo Shimoda, minhas saudações ao senhor, e que junto a esse e-mail receba minhas energias cheias de positividade e de luz!

Hoje estou aqui e venho por meio deste agradecer o seu trabalho. Nunca fiz a TRE e confesso que precisava, pois desde que entendo por gente, minha vida é confusa, deprimente e bloqueada.

Mas só em ler os seus artigos tenho visto uma melhora significativa em minha vida. Agradeço ao senhor, por ajudar direta e indiretamente muitas pessoas que necessitam de auxílio, pois muitas vezes em que eu estava triste, à beira de um precipício, pensando em acabar com a minha vida, seus artigos apareciam como guia aos meus olhos e me evitavam fazer qualquer mal que fosse. Termino esse e-mail emanando a luz dourada de Cristo, e que ele continue abençoando o seu trabalho maravilhoso que pratica.

Abraço de alguém que lhe admira muito!”.

Por fim, muitos pacientes obtêm resultados já durante o processo terapêutico.

É o caso de um paciente de 30 anos, solteiro.

Veio ao meu consultório por se sentir deprimido, sem razão aparente. Queria entender também por que era fechado, introspectivo, tinha dificuldade de fazer amizades, de se relacionar com as pessoas, pois era muito tímido.

Na entrevista de avaliação(anamnese), o paciente só respondia de forma monossilábica o que eu lhe perguntava, respondendo o necessário.

Ao passar pelas sessões de regressão de memória, em sua penúltima sessão, ele me relatou: - Eu me vejo numa vida passada, dentro de um vale profundo... Uso um roupão, tecido rústico, com a minha cabeça coberta por um capuz.

Por isso, não consigo ver o meu rosto... Existem outras pessoas com o mesmo traje que uso, também com as cabeças cobertas com capuz.

Sinto solidão, desamparo, pois ficamos separados, isolados, ninguém se comunica entre si.

Vejo homens no topo desse vale distribuindo comida e água em baldes de madeira. Do alto, eles vão descendo os baldes que estão amarrados por cordas.

A gente pega a comida e água desses baldes e lá de cima eles estão agora recolhendo-os, puxando as cordas.

Eu tirei o capuz para comer... Sou leproso, vejo agora o meu rosto e as mãos cheias de feridas. Que horror!

Esse vale é para confinar os leprosos. A gente fica isolado, longe de nossos familiares. É muito triste ficar confinado. Sinto-me deprimido, solitário e discriminado pela sociedade.

Não aguento mais! Vou encontrar um meio de fugir.

- Avance mais para frente nessa cena e veja o que acontece com você?

- Consegui fugir desse vale... Estou agora misturado no meio de uma multidão. Fico o tempo todo com o capuz cobrindo o meu rosto porque se as pessoas souberem que sou leproso, vão me linchar.

Na frente da multidão, vejo um homem de barba, cabelo comprido, usa uma túnica branca. Ele está em pé, em cima de um morro, e a multidão escuta o que ele fala. Resolvo também escutá-lo.

- Avance mais para frente nessa cena.

- Sinto uma paz imensa, pois ele passa muito amor e serenidade. (pausa).

De repente, o paciente olha para suas mãos e grita: - Meu Deus, o que é isso? (fala chorando muito).

- Pergunto-lhe o que está acontecendo?

- Eu olho para minhas mãos, levanto as mangas do meu roupão, e vejo que não tenho mais as feridas da lepra. Tiro o capuz, apalpo o meu rosto e não há mais as feridas. Estou curado, é um milagre! (ele grita, chorando muito).

Saio dessa multidão, vou correndo em direção onde meus pais e irmãos moram. Eles ficam assustados e surpresos ao me verem.

Falo que estou curado e, ao meu verem curado, estamos todos abraçados, chorando muito.

Ao encerrarmos a sessão, o paciente ainda estava emocionado, falou que aquele homem que ele viu fazendo o sermão àquela multidão era Jesus, o mestre de Galiléia.

Na sessão seguinte, a última, fiquei impressionado com a mudança desse paciente.

Estava falante, alegre, comunicativo, oposto de quando ele iniciou o tratamento.

Um ano após, veio um senhor para fazer essa terapia, e lhe perguntei como que soube de meu trabalho?

Falou que aquele paciente era o seu personal training há mais de 4 anos. Esse senhor me disse que ficou muito surpreso e curioso pela mudança radical que percebeu nele, pois ele sempre se apresentou muito fechado e de poucas palavras.

Disse ainda que o seu preparador físico vivia falando dessa terapia, não só a ele, como também a todos os seus clientes na academia que trabalhava. Não parava de falar que se curou naquela vida passada da lepra só de escutar o que o mestre Jesus pregava. Fazia questão em dizer que essa terapia o fez mudar profundamente em sua vida.


449 views

T.R.E - Terapia Regressiva Evolutiva - A Terapia do Mentor Espiritual

 

 

 

Rua Luís Góis, 2068 - Saúde - São Paulo/SP - 04043-200      

 Contato:  (11) 2369-9831  (11) 94107-7222       

 e-mail : osvaldo.shimoda@uol.com.br