Você sabe o que é Poder Pessoal?

Poder Pessoal é o seu poder Interno, sua força interior, talento, competência, expertise, coragem, paciência, perseverança, autoconhecimento, autodomínio (controle emocional), a capacidade de superar suas limitações e obstáculos da vida.

Sidarta Gautama (Buda) dizia: “O rei mais nobre de todos os reis é aquele que é capaz de se dominar”. Ou seja, ele estava se referindo às pessoas que exercem plenamente o seu Poder Pessoal, que são capazes de superar suas limitações e as adversidades da vida, dando a volta por cima.

No livro “Mauá, empresário do Império”, de Jorge Caldeira, o autor descreve a vida de Irineu Evangelista de Souza, o Barão de Mauá, grande empresário que viveu na época de D. Pedro II.

Ele foi responsável pela criação do Banco do Brasil, inaugurou a primeira estrada de ferro no Brasil, inaugurou também os serviços de iluminação a gás no RJ; seus estaleiros produziram 72 navios a vapor e à vela.

Era um grande empreendedor que trouxe muitos progressos ao Brasil, mas, seu brilho, carisma, incomodavam D. Pedro II que invejava sua competência e talento.

Ele começou do zero como office boy, num escritório, mas a sua brilhante carreira como empresário foi interrompida por D. Pedro II que o derrubou, levando-o à falência.

Ele perdeu toda a sua fortuna, mas acabou dando a volta por cima, reerguendo-se e recuperando tudo o que havia perdido, sem jamais se abater diante das adversidades da vida.

Sem dúvida, ele é um bom exemplo de superação, de Poder Pessoal.

No meu consultório, muitos são os pacientes onde a vida lhes obrigou a exercitar o Poder Pessoal.

Ao passarem pela TRE, suas vidas foram transformadas, deram a volta por cima, após terem recebido as orientações de seus mentores espirituais.

Eu me recordo de uma paciente de 37 anos, com três filhos pequenos para criar, onde o marido a abandonou para ficar com outra mulher, e, por ter recusado a pagar a pensão alimentícia, foi preso.

Perdida, sem rumo, não sabendo como sustentar seus filhos, pois não tinha uma profissão, e nunca havia trabalhado (só tinha o primeiro grau), ela veio ao meu consultório desesperada e angustiada.

Ao passar pela TRE, após ter recebido as sábias orientações de seu mentor espiritual, aventurou-se no mundo dos negócios, apesar da falta de experiência.

Resolveu bater de porta em porta, no prédio onde morava, para vender peças íntimas femininas.

Aos poucos foi perdendo o medo, insegurança, a timidez, e veio a perceber que levava jeito como vendedora.

As vendas foram crescendo, acabou fazendo sociedade com uma amiga e resolveram montar uma loja de roupas. Com o tempo, os negócios prosperaram a ponto de abrir mais cinco filiais.

Tornou-se assim, uma empresária de sucesso, bem-sucedida. Anos depois, após o término da terapia, ela me enviou um e-mail dizendo que, se o seu marido não tivesse se separado dela, certamente não teria descoberto sua força interior, talento e prosperado em seus negócios.

Disse também que estava muito grata pelas orientações de seu mentor espiritual, que não esqueceu do que ele havia lhe dito numa das sessões de regressão.

Vou transcrever na íntegra, as sábias orientações de seu mentor espiritual: “Minha filha, todos já sofremos uma desilusão amorosa ou com as pessoas em volta. Decepcionamo-nos porque na nossa ingenuidade, criamos muitas ilusões.

A vida terrena não é fácil, não é para quem é fraco. Observe o que ocorre na natureza, na cadeia alimentar, a relação entre predadores e as presas: os seres mais fracos não sobrevivem, pois tornam-se presas.

É a lei da natureza, só sobrevive o mais forte, seja pela força física ou pela inteligência. Por isso, nós, seres humanos, desenvolvemos a inteligência, os talentos e potenciais, até mesmo por uma questão de sobrevivência.

A plantinha consegue se tornar parasita e subir na árvore para tomar sol. Os animais e os insetos procuram, por meio do instinto ou da força, aprender a se camuflar dos predadores (fenômeno denominado pelos biólogos de mimetismo) para caçar e pegar suas presas.

Entre os seres humanos é a mesma coisa. Só os mais fortes conseguem sobreviver. Quem é fraco, não aguenta, adoece, acovarda-se tirando sua vida ou desencarna antes do tempo.

Somente sobrevivem neste planeta de testes e provações aqueles que são corajosos, que arriscam, enfrentam com coragem, que se posicionam com firmeza diante das vicissitudes da vida. Esses sobrevivem.

Erga a cabeça e perca o medo da vida, não fique encolhida com medo de tudo. As chances são iguais para todos, porque Deus dá as mesmas oportunidades para recomeçarmos em cada encarnação.

Se você não aprender a se libertar de seus medos e inferioridade, não vai abraçar tudo o que você quer da vida. Lembre-se: A natureza não tem piedade dos fracos.

O dito popular: “A vida só é dura para quem é mole”, aplica-se aqui.

Você se sente fraca porque não usa o seu Poder Pessoal, sua força interior que Deus lhe deu. Não tenha medo, vá em frente com firmeza e coragem.

Saiba usar em sua vida, a coragem e a inteligência com sabedoria. O martelo é a inteligência; o prego, a coragem. Use essas duas ferramentas com sabedoria. Faça o que tem que ser feito agora, não deixe para amanhã.

Vou me despedindo, lembrando que estou sempre com você, pois nunca está desamparada. Não esqueça disso!

Com todo amor Crístico,

Agenor”.


442 visualizações

T.R.E - Terapia Regressiva Evolutiva - A Terapia do Mentor Espiritual

 

 

 

Rua Luís Góis, 2068 - Saúde - São Paulo/SP - 04043-200      

 Contato:  (11) 2369-9831  (11) 94107-7222       

 e-mail : osvaldo.shimoda@uol.com.br